LBS poesia

Tudo que é belo morre com o homem, mas não na arte.

Textos

No crepúsculo de minh'alma
No crepúsculo de minh'alma 👇

Quando o sol vai se pondo atrás dos montes,
E a tarde em seu vermelho perde o brilho,
A saudade em minh'alma de andarilho
se apossa de mim; olho sobre as pontes...

Sobre as pontes a olhar os horizontes...
A saudade em meu peito em descarrilho,
Não me encontro a mim mesmo, um filho
do Nordeste a sonhar em outras fontes!

Sempre que estou à tarde em tal lugar,
Contemplo o crepúsculo, o céu, o mar;
E no meu peito as chamas se agigantam!

E as chamas da saudade reverberam...
Elas tem muita pressa, não esperam;
E o sol a se pôr, elas só, pranteiam!...

Sonhando nosso sonho, Rocy! 🌹🌹

Lusivan Batista
Lusivan Batista
Enviado por Lusivan Batista em 17/04/2024
Copyright © 2024. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras